num

Centro Cultural das Mercês

Colecção 23
ANA ROMÃOZINHO

Quem recorda, guarda

Quem desenha, fixa

Quem cria, coleciona

 

O artista é um colecionador. Ele guarda o que vê quotidianamente e o que o surpreende inesperadamente. Ele encontra o que é comum, mas também aquilo que escapa à regra, aquilo que é raro.
Quem cria zela por um conjunto de escolhas e preferências, materiais e cores, formas e valores.

A obra é um todo, é uma coleção. Um tipo especial de memória, na qual nos reconhecemos. Proponho com a Coleção 23 uma série de trabalhos que ensaiam a simplicidade das formas, em 3 suportes diferentes, no silêncio da sua própria linguagem e unidade. Cada ensaio coloca em cena uma diferente preocupação, iluminando, em cada momento, uma verdade diferente, num guião que admite o lado lúdico de um jogo e o lado reflexivo de quem formaliza a sua proposta.

Aquilo que confirma o todo, protagoniza a obra, esse objeto identitário, onde se regista a memória de quem criou.

 

 

Inauguração

Centro Cultural das Mercês
Rua Cecílio de Sousa, 94
1200 Lisboa
+351 961 391 916


marker Usar minha localização atual