num

Cinema Ideal

Ainda não acabamos, como se fosse uma carta
Jorge Silva Melo

 

Filme autobiográfico em que Jorge Silva Melo se põe a si mesmo no centro da acção. Como se fosse uma carta, ou como se fosse um auto-retrato, depois de vários anos e de vários filmes a fazer retratos de outros artistas, de Álvaro Lapa a Nikias Skapinakis. É um filme sobre Silva Melo agora, mas também sobre as memórias que transporta, e sobre o que ele tem para deixar, sobre um legado.

Projecção 23h

Cinema Ideal
Rua do Loreto, 15/17
1200-241 Lisboa
210 998 295
www.cinemaideal.pt


marker Usar minha localização atual